Psyme: pedacinho de mim

O Psyme será um pedacinho de mim. É a minha nova meta-projeto, um daqueles desejos sinceros ganhando asas para alçar voo. Extrapola meu momento universitária e toma a dimensão da liberdade no céu de mim mesma.

Desde que entrei na faculdade, a ideia de criar um blog relacionado a Psicologia mas englobando tudo aquilo que eu mais gosto, considero importante e não consigo enxergar de forma dissociada a ela, fixou-se na minha mente e vem me perseguindo desde então.

Esse blog não será um blog sobre mim. É sobre mim, sobre a Psicologia e sobre todos as pessoas ao meu redor porque, como diz Todorov nas primeiras linhas de um livro ainda fresco em minha mente, o eu é um outro e cada um dos outros é um eu também. É isso! O Psyme não será apenas o endereço da internet de uma estudante de Psicologia, mas da Caroline – acompanhada por todos os adjetivos pertencentes a esse sujeito em uma mesma oração, após o ponto continuação ou em um novo parágrafo – e de quem ou o quê a faz ela ser a pessoa que ela é.

Eis então que o mês chuvoso de Maio de 2014 surge,  decretando que já é tempo (há tempo) do Psyme se tornar realidade. De 2011 a 2013, mantive um outro blog na internet chamado Faíscas Voam. O FV surgiu na época do colégio, Ensino Médio, quando assegurei em meu coração a certeza de que uma das coisas que eu passaria a vida fazendo era escrever. Agora, em 2014 e em diante, é o Psyme que me acompanhará.

Assim, o Psyme trará doses de psicologia, neuropsicologia, literatura, vida universitária, música, cinema, romance, texto, comportamento, nordeste, baianidade, humanidade e de um universo ainda a ser desvendado. Ah, mas se a gente por acaso acabar se perdendo dentro dele, não precisa ter medo. Estaremos flutuando no céu da gravidade e essa ideia me parece fantástica!

Céu estrelado

Desde já, vida longa ao Psyme.

Agora, próximo post!

 

Observação: as postagens anteriores foram importadas do meu antigo blog, o Faíscas Voam. Confiram! :)))

 

Obrigada pela visita!

Deixe algum comentário sobre como chegou até o Psyme.

Eu adoraria conhecê-l@!

Facebook | Instagram